DIVULGAÇÃO E PRÁTICA DA FILOSOFIA - NOVAS PRÁTICAS FILOSÓFICAS

Acompanhe-nos no Facebook e no Twitter: https://www.facebook.com/entelequia.filosofiapratica?fref=ts ; https://twitter.com/FilosofiaFp



Consultores, Facilitadores e Formadores certificados: American Philosophical Practitioners Association (APPA); Institute for the Advancement of Philosophy for Children (IAPC); Institut de Pratiques Philosophiques (IPP); Associação Portuguesa de Aconselhamento Ético e Filosófico (APAEF); Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua (CCPFC).
Membro afiliado do Institute for the Advancement of Philosophy for Children (IAPC)


quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

2016 - CAFÉ FILOSÓFICO em GUIMARÃES uma vez por mês

O público de Guimarães pediu, nós acedemos. 

Em 2016 o CAFÉ FILOSÓFICO vimaranense será mensal e sempre no CONVÍVIO.

Podem reservar as seguintes quintas-feiras
Pontapé de saída às 21:30.

Mais um desenvolvimento da parceria
Enteléquia - Filosofia Prática ®
  e
ASSP (Associação de Solidariedade Social dos Professores) - Delegação de Guimarães

Washington Post: Why kids - now more than ever - need to learn philosophy. Yes, philosophy.


Follow the LINK to the  full artcicle by VALERIE STRAUSS.

Some extracts:

"The focus is on asking questions because philosophy, as Socrates said, begins in wonder. We don’t just ask ourselves questions—we ask others, those who make up our society. It’s true that philosophy involves a lot of sittin’ and thinkin’ on one’s own, but as the late American philosopher Matthew Lipman wrote in his essay “The Educational Role of Philosophy:

“Philosophy may begin in wonder and eventuate in understanding, or even, in a few instances, in wisdom, but along the way it involves a good deal of strenuous activity. This activity generally takes the form of dialogue.”

"K-12 education in America can be the petri dish in which a more promising and enduring approach to living in an increasingly pluralistic society can be cultivated. Experiencing (and, yes, enjoying!) the participatory, communal manner in which philosophers argue their positions will enable our kids to evaluate the myriad issues that come up in social and political life and, to the extent possible, respectfully engage those who disagree with them.

If we fail to turn second-graders into Socrates, our kids may end up becoming expert at making a living, but they will be incompetent at creating a civil society."

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

«Quem inventou o mosquito da Dengue?»


A Vivi aproximou-se, no final da sessão de Filosofia para Crianças do 1º ano, e perguntou: «Quem inventou o mosquito da Dengue?»

facilitadora - Hummm... Boa pergunta. Fred, podes ajudar?

Fred - Quem inventou as árvores foi um artista de árvores.

facilitadora - Isso quer dizer que quem inventou o mosquito da Dengue foi um artista de mosquitos da Dengue? 
Sim! - Fred e Vivi concordam.

Fred - Sim, mas o artista de árvores tem as sementes. E o artista de mosquitos da Dengue, como tem os ovos?

Vivi - Tem que ser a mãe..

facilitadora - E como é que a mãe do mosquito nasceu?

Fred e Vivi concordam que foi preciso a avó mosquito ao mesmo tempo que a Al desenha os mosquitos no quadro, para se perceber melhor.

Fred - É muito difícil saber quem foi o primeiro...


igloo - espectáculo infantil



sábado, 16 de janeiro de 2016

FILOSOFIA PARA CRIANÇAS: fundamentos, métodos e práticas - 4ª edição

Curso de formação acreditado CCPFC (1 crédito - 25h presenciais)

 


Formador: Nuno Paulos Tavares

Destinatários: Educadores de Infância,  Professores do 1º e 2º Ciclo do Ensino Básico, técnicos que desenvolvam trabalho com crianças e todos os interessados em aventuras do pensamento.

Local: Guimarães (sede da ASSP)

Calendarização: 20 e 27 Fevereiro e 5 de Março de 2016

Programa da Formação: http://www.cffh.pt/anexos_linhas_planos_formacao/centrus4_cffh/839.pdf

Preço: Inscrições até 17/02/2016 - 35 euros
            Inscrições a partir de 18/02/2016 - 45 euros

Mais um desenvolvimento da parceria com a
ASSP (Associação de Solidariedade Social dos Professores) - Delegação de Guimarães

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Reportagem sobre a prática filosófica com crianças, com Laurinda Silva

A jornalista Sara Alves foi assistir a sessões de Filosofia dinamizadas pela nossa Laurinda Silva.
Juntou-se às crianças em duas escolas do Algarve (um colégio privado e uma escola pública TEIP) que investem na Filosofia e no desenvolvimento das competências de pensamento dos alunos. 

 
Artigo completo aqui 
Fonte: Jornal Barlavento

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

CAFÉ FILOSÓFICO em Guimarães - 7 Janeiro no CONVÍVIO

Para começar bem o ano...
 

 7 de Janeiro - 21h00
CONVÍVIO Associação Cultural (Largo João Franco, nº 8 - Guimarães) 
 
O nosso Café Filosófico: siga o LINK.

Mais um desenvolvimento da parceria Enteléquia - Filosofia Prática ® e
ASSP (Associação de Solidariedade Social dos Professores) - Delegação de Guimarães.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Jornal Encontros do DeVIR júnior

O jornal encontros do DeVIR júnior já saiu, pelo CAPa, e nele podem encontrar-se algumas das «196 atividades desenvolvidas paralelamente aos currículos escolares, dando ênfase à informação e à formação, que vão da criação e apresentação de espetáculos, à realização de workshops (percussão, teatro, voz, movimento, filosofia prática), passando pela encomenda de textos, pela realização de exposições e encontros/conversas informais, na área das artes do espetáculo, partindo de questões que se prendem com o desenvolvimento e a sustentabilidade do planeta.» José Laginha, in editorial.
  
4 espetáculos | 52 apresentações 
7 encomendas de criação
132 workshops
1 exposição
1 encontro partilhado
publicação do jornal
 
Fica a contribuição de Enteléquia - Filosofia Prática ®
 




quarta-feira, 22 de julho de 2015

A que parte do corpo farias uma homenagem?

Na Biblioteca Municipal António Ramos Rosa, em Faro, sessões de Filosofia para Crianças a partir do texto de Manuel António Pina - Homenagem aos Pés.

A que parte do corpo farias uma homenagem? Porquê?

Visitem as diversas homenagens na biblioteca, deixámo-las todas na parede da Sala do Conto!
Aqui, ficam apenas alguns brevíssimos registos.